Pós-entrega

Continuamos realizando alguns trabalhos de refinamento estético — mesmo após a entrega.

Em 24/03 executamos uma repintura em caixas nos lotes 1, 5 e 6:

Também revisamos os canteiros e continuamos a pintura dos postes
 

Por solicitação de Márcio e Josenildo fizemos uma contenção no jardim:
Em menos de uma hora já tínhamos atendido à solicitação. Falta acabamento.



Em 26/03, sábado, comparecemos somente para fazer uma vistoria geral.

 Após as chuvas, continua empoçando um pouco no lote 8, como antes.

Mas já não empoça no lote 5. Estamos tendo sucesso!




Bom lembrar que essa questão do empoçamento de águas pluviais na sarjeta (ao longo da calçada) não faz parte do escopo do nosso Contrato. A solução desse problema (que já dura cerca de dez anos e a Subprefeitura da Lapa não foi capaz de resolver) é uma cortesia nossa ao Condomínio. Resolveremos, de modo correto e no tempo certo. Veja AQUI como era.





No tempo da calçada velha, depois da chuva ficava assim:

O objetivo da Calçadas do Brasil passou então a ser a eliminação desse absurdo empoçamento 
que ocorria no local após ocorrência de chuvas. Esse transtorno já durava dez anos...



Até então a solução era "manual", com rodos e vassouras:



Resolvemos essa questão!






Algumas atividades do dia 28/03 - segunda-feira.

 As caixas de inspeção dos lotes 1 e 5 foram repintadas
E já suportam trânsito de veículos leves...


Aproveitamos para pintar também a caixa do vizinho.




Pela manhã, acompanhado de Evair, o Arquiteto Guilherme fez uma vistoria geral na Obra, anotando e fotografando pontos específicos. Algumas recomendações nos foram passadas diretamente. Todas as providências que eventualmente demandem alterações no piso serão, daqui por diante, tomadas apenas nos finais de semana, visando não interferir demasiadamente na passagem dos usuários. /// Mais tarde, Gilmar e Cesar também nos visitaram, ocasião em que foram informados dos procedimentos de hoje, especialmente a questão das caixas e das operações de correção da sarjeta. /// A propósito da sarjeta (cuja correção seria feita à noite ou nos finais de semana), Liliana, em conversa com nosso funcionário Valdir, nos autorizou a executarmos os procedimentos mesmo durante o dia — desde que tomando cuidado para interferir o mínimo possível no trânsito de veículos na via. 




Operações em 29/03:


Pintamos a caixa na divisa com o New York e a que fica na curva da nova rua, fora do lote 1.


E começamos a corrigir o nível da sarjeta, a partir do lote 8. Esta operação vai durar três dias.





Operações realizadas em 30/03:

A correção do nível da sarjeta chegou hoje até a metade do lote 6.

A tampa da caixa redonda do lote 5 foi pintada de preto.
Mas o resultado da moldura dela não nos agradou. Refaremos depois.





A seguir, algumas imagens feitas em 31/03/2016 - por volta das 11h30:








Como se pode comprovar, a chuva de ontem não mais causou empoçamento na sarjeta da nossa calçada.

/////

Já na calçada do vizinho New York, em foto no mesmo horário, o empoçamento ainda persiste:
Para melhorar também o entorno, talvez devamos fazer uma cortesia ao vizinho
resolvendo essa parte da sarjeta dele. Vamos solicitar-lhe a devida autorização.





No sábado (02/04/2016) apenas imagens para arquivo:

Alguns transeuntes sempre arrancam algumas moreias... Mas a gente sempre as replanta!

Neste final de semana (sábado e domingo) estamos cuidando apenas do renivelamento da sarjeta.
Amanhã, domingo, publicaremos aqui algumas imagens a respeito.



Na tarde de domingo (03/04) o resultado é este:


A sarjeta está ficando absolutamente perfeita!

A altura da guia vai acabar ficando no ponto certo.

E vamos chegar na curva com absoluto sucesso!



No próximo final de semana (dias 09 e 10 de abril) vamos continuar trabalhando na construção da nova sarjeta. E também corrigir alguns detalhes no piso, especificamente, troca de alguns bloquetes em certos pontos notados pelo arquiteto Guilherme Nigro. Mas nada grave. São detalhes.


Veja AQUI fotos das operações no final de semana acima citado.



Eis como ficou a sarjeta na altura dos lotes 1 e 5




Duas questões que ainda precisamos resolver:
Um bloquete invertido... Afinal foram mais de 15.000 colocados!

E a moldura em concreto desta caixa de inspeção precisa ser melhorada, esteticamente.

Isso será resolvido nos próximos dias!


Retornar à página inicial.