Projeto Hidráulico

Para reuso das águas pluviais.

Em fase de concepção.

Legislação de Guias e Sarjetas de São Paulo.

Em 16/02/2014 comentei com Evair e Gilmar que qualquer intervenção que altere o nível de partes da sarjeta frontal vai também reposicionar os focos de empoçamento das águas pluviais. E esses focos é que determinarão onde serão colocados os pontos de acesso ao duto principal subterrâneo na faixa de serviços. Portanto, antes de definirmos a estrutura dos referidos dutos, temos que intervir na sarjeta.

Vide cronograma sintético das obras.

Abaixo algumas imagens de parte da sarjeta (em frente ao Edifício Torino), feitas às 12h do dia 16/02/2016.













.
Ver aqui algumas fotos da chuva do dia 18/02/2016.